A pandemia vai acabar e os paulistanos vão continuar com raiva do vírus

Os moradores da cidade de São Paulo terão 10 dias de férias pela frente. Férias assim, né… Para conter a circulação e evitar que as pessoas estejam nas ruas, Bruno Covas, prefeito de SP, antecipou 5 feriados de 2021 e 2022 para os dias 26, 29, 30 e 31 de março e 1 de abril, que se juntam ao feriado do dia 2 e ao final de semana.

Mas já não estava tudo fechado? Sim e não. Apesar da onda roxa, os dias continuam sendo dias úteis e quem pode trabalhar está trabalhando… A ideia agora é, de fato, parar.

  • Sabendo da situação do país, você já sabe o motivo da medida. Ontem, inclusive, a capital registrou a primeira morte por falta de leito para internação.

Outras medidas: segundo Bruno Covas, serão abertos mais de 640 leitos para COVID-19. Além disso, ele autorizou a despesa de R$ 500 milhões dos cofres do município para pagar o auxílio emergencial da cidade e socorrer os mais afetados pelas novas medidas.

Já prevemos um recorde de reclamações nos feriados de 2022. Nem vem com essa de que a pandemia vai durar até 2025… Somos otimistas por aqui.

Ainda sobre a COVID-19…

A vacinação está funcionando. Dois destaques que podem te entusiasmar:

  1. Em SP, após a vacinação, mortes de idosos entre 85 e 89 anos por COVID-19 caíram 51%. Não só lá, mas em vários outros locais do Brasil também.
  2. Quanto aos profissionais da saúde, no Brasil todo, os casos de COVID-19 caíram 36%.

Casos e mortes: ontem, foram registrados mais 2.724 óbitos e 86.982 casos em decorrência da COVID-19 por aqui.

O que mais é destaque no país?

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

NEGÓCIOS

Avisa lá que a Audi voltou

Q3 de volta. Ontem, a Audi anunciou um investimento de R$ 100 milhões para retomar a produção de seus veículos no Brasil, depois

ECONOMIA

Os 100.000 pontos duraram pouco

Pouco, bem pouco. Os investidores se mostraram exigentes ontem — não adianta a economia global subir, tem que subir “de acordo”. 

CHAMPS

Etapa dos líderes

Em qualquer campeonato que percorra vários países do mundo, não há nada como competir em casa. Estar habituado ao local, sentir o clima e,