Será que esse é você amanhã?

Uma coisa é certa… Algumas pessoas que estão lendo isso aqui vão acordar amanhã com um e-mail fresquinho na caixa de entrada.

Se será você ou não, nós não sabemos, mas pode ser… Aliás, torcemos para que seja. Faltam algumas indicações para que você conquiste sua edição premium de sábado.

  1. Essa é nossa primeira dica do final de semana. Indique amigos para se tornarem leitores do the news e ganhe prêmios, tal como a edição de sábado. Clique aqui para acessar seu link. 🗞️
  2. Para maratonar: descubra quais são e onde assistir os indicados ao Oscar 2021. Existem vários disponíveis no Netflix — que, inclusive, lidera com 35 indicações. É só clicar. 🍿
  3. Para se desenvolver… Uma boa opção pode ser a semana de lives do Gestão 4.0. Clique para se inscrever em uma série de 5 aulas online 100% gratuitas para ajudar você melhorar os pilares de gestão, marketing e vendas do seu negócio.
  4. Para ouvir, hoje são duas dicas valiosas… O U2 está fazendo uma turnê 100% virtual, com quatro shows lendários da banda, que ficam disponíveis por apenas 48 horas depois do ao vivo. O primeiro já está no YouTube. 🎸Outra opção é o Tiny Desk do Justin Bieber, que saiu essa semana e teve até lançamento de música nova. Se nenhum desses te agradou, teste isso aqui. risos. 🎧
  5. Por último, para ler… Um prédio elegante no centro de Paris; uma desconfiada zeladora de meia-idade, fã de Tolstoi e do Oriente; uma garota cáustica, às turras com a família; um senhor japonês sorridente e misterioso. Um clássico romance francês, chamado “A elegância do ouriço”. 📖 🇫🇷

Ah, além disso, precisamos dizer a resposta da charada de ontem… Você está dormindo? Essa é a pergunta humanamente impossível de ser respondida com sim.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

NEGÓCIOS

Avisa lá que a Audi voltou

Q3 de volta. Ontem, a Audi anunciou um investimento de R$ 100 milhões para retomar a produção de seus veículos no Brasil, depois