De volta ao coworking?

Uma hora vai. O WeWork — empresa de coworking — está se fundindo com uma SPAC para finalmente fazer seu IPO, que atrasou mais que a sua última consulta ao dermatologista (bem mais).

O que é uma SPAC? Basicamente é uma empresa já listada na bolsa de valores que tem como objetivo a aquisição de uma companhia privada, para torná-la aberta sem ter que passar pelo processo de oferta pública da maneira tradicional.

Em um tempo sem vírus… (2019)

O ex-CEO e fundador do WeWork tentou abrir o capital da empresa, mas falhou depois da revelação de uma estrutura corporativa não muito clara e um modelo de negócios “inusitado”. A empresa tinha gastado quase o dobro do seu faturamento naquele ano, sem um plano para tornar-se lucrativa.

Resultado? O valor de mercado do WeWork foi de 47 para 2,9 bilhões de dólares. O ex-CEO saiu da cena e o SoftBank (um megainvestidor da companhia) correu para ajudar a empresa a se reerguer.

O home office teve seus dias de glória, mas muitas empresas — pelo menos nos EUA — já querem voltar para os escritórios. Nesse cenário, o modelo de negócio do WeWork pode ser a escolha ideal, pela flexibilidade e diminuição de custos.

Os números: a expectativa é que, depois de algumas medidas de contenção, o WeWork vire a chave e passe a ser lucrativo nesse anoResta esperar e ver o que os investidores vão achar no IPO…

O que mais é bom saber em economia?

Deixe uma resposta