Um novo pacote (sem ser de COVID-19)

Depois do pacote de US$ 1,9 trilhão para combater a COVID-19 e seus efeitos econômicos, o novo anúncio de Biden é sobre infraestrutura, que agora segue para o Congresso.

Outros pontos: investir em pesquisa básica e ciência, fortalecer cadeias de abastecimento, melhorar o saneamento, o cuidado com idosos e, a parte mais inovadora, a construção de uma rede de 500 mil carregadores para carros elétricos.

Quem vai bancar tanto dinheiro? O projeto deve ser financiado, principalmente, pelo aumento de impostos sobre empresas de 21 para 28%. Além disso, a ideia é que as melhorias incentivem as empresas a continuarem nos EUA, elevando a arrecadação.

Impactos na Bolsa: segundo analistas, as ações brasileiras ligadas a materiais básicos podem se beneficiar com o aumento da demanda por minério de ferro e aço. Por outro lado, o possível impacto na inflação pode provocar um aumento de juros no Brasil.

Falando em Bolsa…

Ontem foi o último dia de março e do primeiro trimestre do ano. Nessa quarta-feira, o Ibovespa caiu 0,18%, aos 116.633 pontos (e não 166.633, risos). O dólar, por sua vez, caiu 2,31%, cotado a R$ 5,62.

Os últimos três meses foram marcados pelo temor com o ritmo da vacinação, a evolução da COVID-19 e o aumento da polarização política, além do enfraquecimento do ajuste fiscal.

O que mais você precisa saber economicamente falando:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

NEGÓCIOS

Avisa lá que a Audi voltou

Q3 de volta. Ontem, a Audi anunciou um investimento de R$ 100 milhões para retomar a produção de seus veículos no Brasil, depois