Tá faltando motorista de Uber

Será que o mercado de Engenharia está bom nos EUA? A Uber comunicou que vai oferecer estímulos de 250 milhões de dólares — em aumento de ganhos para os motoristas — para atrair mais pessoas para o negócio.

O que está acontecendo? É simples… No momento, a demanda por viagens está maior que a oferta de motoristas. A Lyft, concorrente da Uber, também disse que seus motoristas estão ganhando mais, de US$ 20 por hora pré-pandemia para US$ 36 hoje.

  • Por trás dessa situação, está a suspensão das medidas de restrição nos EUA. Com o aumento da vacinação, os americanos voltaram a se locomover com bem mais frequência.

Somado a isso, muitos dos motoristas que pararam de dirigir durante a pandemia — pela falta de corridas e também por questões de segurança — ainda não voltaram. O investimento vem, justamente, para incentivar esse retorno.

Por que essa matéria não está em tecnologia?

A falta de mão de obra nos EUA não está apenas nos aplicativos de carona. Pode parecer estranho depois de tantos empregos perdidos, mas muitas empresas americanas não estão encontrando funcionários suficientes para suas vagas.

Exemplos:

Analisando o todo… Muitas empresas reduziram drasticamente suas folhas de pagamento no ano passado e, agora, foram surpreendidas pela recuperação econômica. Alguns também indicam que os auxílios do pacote de US$ 1,9 trilhão de Biden tenham desincentivado trabalhadores a voltarem ao mercado.

Por que é relevante? Pra variar, os EUA estão na nossa frente na linha do tempo, mas é bom estar com o currículo preparado se isso se repetir por aqui nos próximos meses.

O que mais é importante saber:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

NEGÓCIOS

Avisa lá que a Audi voltou

Q3 de volta. Ontem, a Audi anunciou um investimento de R$ 100 milhões para retomar a produção de seus veículos no Brasil, depois

ECONOMIA

Os 100.000 pontos duraram pouco

Pouco, bem pouco. Os investidores se mostraram exigentes ontem — não adianta a economia global subir, tem que subir “de acordo”.