Americanos estavam vendendo versões falsificadas do cartão de vacina no eBay

Por essa nem o futuro esperava. Desde que a vacinação em massa foi introduzida, alguns países começaram a discutir a possibilidade de criar um sistema capaz de distinguir quem já está imunizado contra a COVID-19 de quem ainda não se vacinou.

Inicialmente, vem dando certo… Apesar de utilizarem diferentes métodos, sendo alguns mais tecnológicos que outros, locais como Singapura, Paris, Roma e Israel já estão utilizando formas bem sucedidas de certificar a imunização.

  • Exceto para os norte americanos, que ainda não tem seu “passaporte” e já estão enfrentando golpistas aproveitadores.

Explicando… Foram identificados centenas de fraudadores vendendo versões falsificadas dos cartões de vacina na internet nos EUA. Na prática, é até mais fácil que falsificar um “passaporte” e tem a mesma utilidade.

Como assim? Simples. Os golpistas imprimiram réplicas de cartões de vacina fornecidos pelas autoridades e colocaram à venda no eBay e no Shopify, além de circularem anúncios das falsificações no Facebook. Teve gente comprando quatro cartões por US$ 80 dólares…

Por que isso é relevante? Estar imune é importante, mas parecer também tem seu valor, ainda mais se alguns serviços começam a exigir comprovação de vacina para utilização. Imagine não poder pegar um vôo de São Paulo para Belo Horizonte que só aceita imunizados?

Ao que parece, a comprovação de imunidade — em suas mais variadas formas — deve se tornar cada vez mais comum no mundo todo. Se a moda da falsificação pegar, pode ser preocupante…

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

NEGÓCIOS

Avisa lá que a Audi voltou

Q3 de volta. Ontem, a Audi anunciou um investimento de R$ 100 milhões para retomar a produção de seus veículos no Brasil, depois

ECONOMIA

Os 100.000 pontos duraram pouco

Pouco, bem pouco. Os investidores se mostraram exigentes ontem — não adianta a economia global subir, tem que subir “de acordo”. 

CHAMPS

Etapa dos líderes

Em qualquer campeonato que percorra vários países do mundo, não há nada como competir em casa. Estar habituado ao local, sentir o clima e,