As bolhas de viagem na Oceania

Bem-vindos à bolha. Nessa semana, Austrália e Nova Zelândia — dois países que conseguiram controlar a situação da COVID-19 em seus territórios — começaram a aceitar passageiros entre si, sem precisar de quarentena, como acontecia até então.

A ideia de uma bolha de viagens entre a Austrália e a Nova Zelândia foi discutida durante meses, mas foi adiada por conta de pequenos surtos em ambos os países.

Por que isso é relevante? É mais um passo para a normalidade. Para o turismo, é uma bola cheia. A companhia aérea Air New Zealand fazia, no máximo, três voos por dia entre os dois países. Na segunda, quando as mudanças começaram, foram 30 voos.

  • O fim das restrições antecede a temporada de ski na Nova Zelândia, uma ótima notícia para muitas cidades turísticas.

Além disso… Serve de exemplo para o resto do mundo. São dois países próximos que, ao controlar o vírus, conseguiram abrir suas fronteiras, o que impulsiona a economia, mas de forma segura.

É motivo de festa: O Aeroporto de Wellington, na NZ, pintou uma enorme placa de boas-vindas perto da pista principal. Já a companhia Air New Zealand encomendou 24.000 garrafas de espumante e está oferecendo uma taça de cortesia aos adultos.

O que mais é destaque pelo mundo?

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

TECNOLOGIA

O unicórnio ultra-rápido

Daki. Com apenas 10 meses de operação, a startup brasileira — com um tempero mexicano — se tornou o mais novo

DICAS

A sexta-feira do ano chegou

Dezembro chegou, e com ele a famosa sexta-feira do ano. Libere a tensão para conseguir retomar o rumo na segunda-feira —