Números difíceis de acostumar

Resultados do 1T. A receita do Facebook no período foi de mais de US$ 26 bilhões, um aumento de 48%. O motivo do crescimento foi o aumento do preço dos anúncios, que, em média, subiu 30%, assim como o número de exibições, que cresceu 12%.

Como você já sabe, a empresa se prepara para o impacto do iOS 14.5 da Apple, que explicamos aqui. Ontem, então, Marc Zuckerberg delineou para os acionistas como está se antecipando para a vida com o novo sistema.

  • Já que ele não vai mais poder contar com os dados dos aplicativos alheios… Ele tem os seus.

A ideia é facilitar a venda de produtos e serviços no Instagram e Facebook, não dependendo de outros aplicativos para o rastreamento de usuários.

Uma loja pode veicular um anúncio de um batom, por exemplo, para usuários do Instagram que seguem criadores de conteúdo com foco em maquiagem.

Quando clicar, será levado ao perfil da marca para fazer a compra. Nesse cenário, o anunciante atinge o público-alvo, o usuário faz a compra diretamente no Instagram e o Facebook continua comprovando a eficácia de seus anúncios. 🤯

Agora vamos falar da maçã 🍎

Um trimestre estourado. As vendas da Apple subiram 54% em relação ao ano passado e a empresa autorizou US$ 90 bilhões em recompra de açõesÉ o segundo trimestre consecutivo com crescimento de dois dígitos em todas as categorias de produtos. 

  • Como? O hardware ainda é rei, mas os serviços se destacam. A Apple está lucrando mais ao fazer com que seus clientes gastem mais em serviços como iTunes, Apple Music, Apple Pay e compras na App Store.

No entanto… Pode ser que a falta global de microchips, usados em iPads e Macs, freie o sucesso da empresa. No trimestre atual, a Apple espera uma receita até US$ 4 bilhões menor do que o que poderia ser se tivesse chips suficientes para atender à demanda.

Não podemos deixar de falar do Google: a Alphabet, sua controladora, cresceu mais de 34% em receita. Só a publicidade gerou US$ 44,68 bilhões, com um crescimento anual de 49% com os anúncios do YouTube.

Deixe uma resposta