Aos que gostam de política

Nessa semana teremos alguns updates da CPI da COVID-19 e decidimos fazer uma seção à parte, aos interessados. Ontem, foi o dia do depoimento de MandettaO que o primeiro ministro da saúde do Brasil durante a pandemia disse:

  1. O governo não quis fazer uma campanha nacional contra a COVID-19;
  2. Foi elaborado um decreto para alterar a bula da cloroquina para que ela fosse recomendada contra a doença;
  3. Bolsonaro tinha assessores paralelos;
  4. Talvez Paulo Guedes — homem pequeno, segundo ele — tenha influenciado o presidente;
  5. O tratamento precoce deveria ser chamado de kit ilusão.

Lembrando… Quem disse tudo isso e muito mais — em mais de 7 horas de depoimento — foi o Mandetta, não o Denilson. Hoje, quem vai falar será Nelson Teich.

Deixe uma resposta