Vai vacinar? Não paga o Uber

Casa Branca 🤝 Uber e Lyft. O governo de Joe Biden anunciou uma parceria com os dois aplicativos ontem, em que todos os passageiros poderão pegar uma corrida gratuitamente para cerca de 80 mil locais de vacinação, até o dia 4 de julho.

Qual a estratégia? Facilitar ao máximo a ida ao local de aplicação das vacinas e, consequentemente, aumentar o número de pessoas imunizadas. A desculpa da locomoção os americanos não podem mais dar.

  • O prazo também foi pensado. A meta de Joe Biden é vacinar, até o dia 4 de julho, 70% dos adultos americanos, a tempo para as comemorações da Independência.

Para o Uber e a Lyft, faz bastante sentido, já que ajudar na vacinação tende a resultar na volta da normalidadePessoas saindo de casa de novo = mais procura por corridas.

Expandindo o foco: Com a enorme disponibilidade de vacinas, o desafio que os estadunidenses devem começar a enfrentar é convencer os anti-vacina a se imunizarem. O interessante é que muitas marcas estão alinhadas, por acreditarem no potencial da vacinação na recuperação das vendas e receitas.

COMPARTILHE

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

BIZNESS

O diferencial na hora da compra

Nos últimos dois anos, o comércio digital aumentou em uma escala sem precedentes. A disponibilidade dos aplicativos de varejo reformularam a forma como

BIZNESS

Já fez seu skincare hoje? 🧴

(Imagem: Glamour | Reprodução) Skincare. De tanto ouvir falar, você pode pensar que cuidados com a pele se resume a uma