Argentina interrompe exportações de carne por um mês

Contente-se com o chorizo uruguaio. A Argentina, um dos 5 maiores exportadores de carne do mundo, anunciou a suspensão de suas vendas para o exterior por 30 dias.

O raciocínio: Se não podem vender pra fora, os produtores vão aumentar a oferta no país, o que tende a fazer com que os preços locais caiam. Há quem diga, no entanto, que o sistema funciona em ciclos — sendo o atual momento um ciclo de alta — e que não exista essa relação direta entre as exportações e o preço interno da carne.

Mas onde entra o Brasil? 🇧🇷

Nós exportamos mais carne que os hermanos, logo, a decisão nos afeta diretamente. Para compensar a redução da oferta argentina, a demanda externa, principalmente da China, deve precisar de mais carne brasileira, o que favorece nossos produtores.

Por outro lado… Isso pode abrir espaço para que o preço da carne também aumente por aqui, renovando possíveis máximas. Só para lembrar, em 2020, a carne bovina subiu 35,22%, sendo um dos motivos a alta na exportação.

E as empresas brasileiras? As ações da Marfrig e da Minerva, listadas na Bolsa, caíram ontem. Isso aconteceu porque ambas operam no país vizinho, e, se os produtores argentinos vão lotar os açougues, vai sobrar menos espaço para elas. Tudo interligado…

O que mais é relevante no país?

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

Uncategorized

Parque eólico na costa brasileira?

O mar está se abrindo. Pode parecer complexo no primeiro momento, mas você vai entender a relevância. Ontem, foi publicado um decreto

ECONOMIA

Maior alta desde 2014

Oil high. O preço do barril atingiu níveis não vistos desde 2014. Ontem, o barril do Brent, que serve de parâmetro

MUNDO

COVID ou ideologia política?

Dado interessante. É um consenso mundial — e com certeza não é novidade pra você —, que o coronavírus tende a ser