O algoritmo pode ser parcial?

Pode ser… Depois de seus próprios funcionários reclamarem sobre conteúdos pró-Palestina não ficarem visíveis durante o conflito em Gaza, o Instagram está mudando seu algoritmo para favorecer o conteúdo de notícias, para eventos e publicações virais.

  • Um grupo com dezenas de pessoas do time do Facebook entrou com recursos para restaurar o conteúdo que acreditam ter sido removido injustamente.

Ainda no mês passado, o Instagram enfrentou críticas depois que removeu postagens e bloqueou hashtags sobre al-Aqsa — uma mesquita sagrada islâmica —, depois de rotular o local como associado a uma organização terrorista.

O que vai mudar?

Até então, o Instagram prioriza o conteúdo original nos stories ao invés de reposts. Agora, o peso será o mesmo nos dois casos.

Como isso resolveria o problema? Segundo o Instagram, os conteúdos pró-Israel estavam aparecendo mais para as pessoas, por serem mais nativos que repostados. Parece confuso, mas foi o argumento — ou a desculpa — da plataforma.

Resumindo… Quando um conteúdo engaja, ele é favorecido pelo algoritmo, da mesma forma que, quando não repercute tanto, é desfavorecido.

Com isso, alguns pontos de vista acabaram sendo menos divulgados durante os conflitos por causa do formato — repost — que foram publicados.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Deixe uma resposta