PIB cresce, balança tem superávit e IBOV renova máxima

Dá-lhe pé direito. Economicamente falando, junho começou melhor que acordar e ver que o café — sem açúcar — já está pronto. Vamos lá…

Renovando máximas

Nosso principal índice — o Ibovespa — começou o mês em sua 5ª alta consecutivasuperando os 128 mil pontos e renovando sua máxima histórica. O principal motivo foi o otimismo gerado pelos dois motivos abaixo, além da alta das commodities. O dólar, por sua vez, chegou à sua mínima desde dezembro, cotado a R$ 5,14.

Superando as expectativas

O PIB brasileiro cresceu 1,2% no 1T de 2021 na comparação com o trimestre anterior, acima do esperado. A boa notícia gerou uma onda de revisões positivas para 2021, com base no consenso de que a segunda onda não impactou a economia como em 2020 e por conta das expectativas do fortalecimento da vacinação e do auxílio.

Batendo recordes

No acumulado de maio, a balança comercial brasileira teve superávit recorde de US$ 9,291 bilhões. Isso quer dizer que, desde a série histórica — 1989 — a diferença entre importações e exportações para o mês nunca foi tão positiva. Foram US$ 26,948 bilhões exportados, contra US$ 17,657 bilhões entrando no país.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

NEGÓCIOS

Avisa lá que a Audi voltou

Q3 de volta. Ontem, a Audi anunciou um investimento de R$ 100 milhões para retomar a produção de seus veículos no Brasil, depois