OMS aprova CoronaVac e brasileiros ficam mais perto de viajar

Se antes as pessoas viajavam a trabalho ou em busca de lazer, atualmente, há um motivo a mais pra arrumar as malas. O turismo de vacina, que já explicamos por aqui, está sendo cada vez mais adotado pelos países ao redor do mundo.

O motivo é fácil de entender: atrair visitantes para acelerar o setor de turismo, que foi muito afetado pela pandemia, o que, consequentemente, fomenta a economia — principalmente das regiões que dependem muito dessa indústria.

Para se ter uma ideia… Só em março desse ano, 87% das viagens saindo da América Latina tiveram os EUA como principal destino, em comparação a 77% em 2019 — um aumento intimamente relacionado ao número significativo de pessoas que viajam para se imunizar.

Já que falamos em viagem, ontem foi um grande dia…

A OMS aprovou a CoronaVac para uso emergencial, o que aumenta as chances de sua aceitação por países que, até então, não reconheciam o imunizante como válido. Isso abre margem para que brasileiros vacinados possam viajar para o exterior.

Como assim? Estados Unidos e vários países da Europa já estão recebendo turistas de algumas regiões, desde que vacinados com lotes aprovados de AstraZeneca, Pfizer, Moderna e outras vacinas consideradas mais “seguras” por eles. Até então, a CoronaVac não consta na lista.

Brasileiros prejudicados… Como a CoronaVac representa a maioria das doses aplicadas aqui, muitos países não estão aceitando boa parte dos passaportes brasileiros na entrada.

Um outro aspecto… Ao aprovar o uso emergencial, a OMS permite a inclusão da CoronaVac no plano de fornecimento de vacinas para países pobres, o Covax Facillity. Grande passo.

O que mais foi destaque em mundo?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Deixe uma resposta