Queiroga presta novo depoimento para a CPI

Mais um dia de CPI e mais um dia longo de depoimentos. Ontem, foi a vez de Marcelo Queiroga, atual ministro da Saúde — pela segunda vez, já que ele depôs no mês de maio — e aqui estão os principais pontos abordados:

1) Tratamento precoce

Como médico, disse entender que as discussões sobre cloroquina e ivermectina são laterais e em nada contribuem para pôr fim à pandemia.

Nas palavras do Ministro, o que vai pôr fim ao caráter pandêmico dessa doença é ampliação da campanha de vacinação.

2) Uso de máscaras

Muito questionado sobre a postura do presidente Jair Bolsonaro, sob argumento de que ele foi visto sem máscara e aglomerando durante a pandemia, Queiroga afirmou que é apenas ministro da Saúde e não um censor do presidente da República.

3) Indicação de Luana Araújo como secretária

Em relação à nomeação de Luana, o ministro afirmou que depois de indicar, desistiu de concluir o feito por entender que ela não contribuiria para a harmonização das questões acerca de tratamento inicial.

Ao depor na CPI, a Dra. Araújo chamou a discussão sobre o tratamento precoce de “esdrúxula” e “delirante”.

4) Terceira onda

Para Queiroga, ainda não está caracterizada uma terceira onda, como dizem alguns especialistas. Nas palavras dele, vivemos uma segunda onda com um platô elevado de casos.

5) Copa América

Por último e não menos importante, o Ministro respondeu que é a favor da realização dos jogos e que se trata de um evento de pequeno porte, afirmando que há segurança caso os protocolos sejam devidamente seguidos.

Aos mais interessados, aqui está um trecho, em vídeo, sobre as bulas das vacinas em que o clima esquentou bastante. Clique para ver.

O que mais é importante saber por aqui?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Deixe uma resposta