Facebook suspende 39 milhões de posts de startup brasileira

Posts agendados? Not this time, disse Tio Zuck. Na véspera do Dia dos Namorados, o Facebook reafirmou seu poder ao desaparecer com 39 milhões de posts feitos por meio da plataforma brasileira mLabs.

A empresa, fundada em 2015 e investida pela Stone no ano passado, é uma ferramenta de gerenciamento de redes sociais que permite que empresas agendem posts em troca de uma assinatura mensal — majoritariamente utilizada para postagens no Instagram.

O motivo? De acordo com o time de Zuck, a mLabs teria violado os Termos de Uso do Facebook e do Instagram, por coleta não autorizada de dados e de credenciais de usuários.

Há 3 anos, uma situação semelhante aconteceu com a ferramenta, mas tudo voltou ao normal em 2 dias pelo próprio Facebook, que reconheceu a falha.

Zoom out: No início do ano, o Facebook disse que o agendamento de posts é uma funcionalidade importante para marcas e criadores de conteúdos, mas, até então, não disponibiliza o recurso de forma autoral. Será que vem na próxima atualização?

 

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Nem vem com essa, COVID

Cientistas da África do Sul identificaram uma nova variante do COVID-19, com um número “muito incomum” de mutações, e temem