A cidade que ressuscitou

NY deu uma de fênix. A cidade mais famosa do mundo não só dormiu como foi assassinada por muita gente durante a pandemia. Após inúmeros gritos de “Nova York morreu”, a luminosidade está de volta.

Na prática… Locais como restaurantes, bares e cinemas já podem lotar seus ambientes, com 100% da capacidade. A temperatura não precisará mais ser medida e ninguém vai ter que ficar do lado de fora dos estabelecimentos. American Dream.

As poucas exceções são, por exemplo, o uso obrigatório de máscaras no metrô e em clínicas médicas. Para os não vacinados, a mask continua nos demais ambientes fechados.

A normalidade foi possível depois que mais de 70% dos adultos do estado receberam pelo menos uma dose da vacina. Nos EUA como um todo, esse número é de 52,7% da população💉

E é claro… Teve festa. NY celebrou o fim das medidas restritivas com fogos de artifício, uma cena linda. Para ver, é só clicar.

Mudando de assunto… 🇺🇸 x 🇷🇺

Depois de algumas trocas de farpas, Biden e Putin se reuniram ontem, na Suíça. Ambos descreveram a reunião como positiva, mas sem grandes avanços.

Joe Biden abordou os direitos humanos e os ataques cibernéticos durante a cúpula e, sobre isso, concordaram em designar especialistas para investigar os cyber attacks.

O que mais você precisa saber? 

 

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Nem vem com essa, COVID

Cientistas da África do Sul identificaram uma nova variante do COVID-19, com um número “muito incomum” de mutações, e temem