Duelo de gigantes pelo mercado de podcasts

Nem só de salas de bate-papo vive a internet. Depois do lançamento das cópias do modelo ‘Clubhouse de ser’ pelo Facebook e pelo Spotify na semana passada, as duas empresas se armaram para outra batalha no mundo dos áudios.

Podcasts. Um mercado com mais de 100 milhões de ouvintes anuais — 77% escutam pelo menos uma vez por semana — cuja estimativa em investimentos é de mais de 1 bilhão de dólares em 2021, por meio de anúncios e publicidade das empresas.

De volta à batalha… Com o objetivo de surfar a onda, o Facebook anunciou que irá lançar amanhã a possibilidade de seus usuários publicarem episódios de podcast na rede social. Aliás, esse é exatamente o diferencial competitivo.

Por ser uma ferramenta em que as pessoas interagem entre si — se é que alguém ainda usa Facebook — a ideia é que usuários possam postar, debater e falar sobre os conteúdos em formato de áudio em um só lugar.

E o Spotify? A empresa europeia e líder no setor anunciou a compra de uma startup chamada Podz, um dia após a notícia de que o Facebook entraria no mercado. A compra tem como objetivo facilitar a descoberta de episódios e shows pelos usuários.

Takeaway… Diante das BIG TECHs, só existem três possibilidades para uma empresa: (i) ser copiada; (ii) ser adquirida ou (iii) se tornar inútil. risos.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Deixe uma resposta