Seu armário ainda vai te render um bom dinheiro

Alguém ainda tem preconceito com roupas já usadas? Segundo um relatório recente, o mercado global de segunda mão deve dobrar para 77 bilhões de dólares até 2025.

Cada vez mais, os consumidores parecem preferir comprar a peça de desejo na revenda do que direto da loja. Estima-se que esse mercado vai crescer 11 vezes mais rápido que a indústria de vestuário.

As principais vantagens:

  1. Uma compra nova que gera menos lixo para o meio ambiente;
  2. Dinheiro no bolso de quem vende algo que estava parado;
  3. Economia para quem está comprando.

Como o mercado enxerga as ofertas de segunda mão? Cerca de 60% dos varejistas já oferecem ou estão abertos a ofertas desse tipo. Nos EUA, temos exemplos como a Depop e, por aqui, o Enjoei, que abriu seu capital recentemente.

A geração Z e os millennials — nascidos de 1980 a 2010 — são os grandes protagonistas dessa mudança. Mais de 40% deles compraram alguma roupa, sapato ou acessório usado nos últimos 12 meses.

O vírus ainda colaborou com a tendência… Nesse período, 33 milhões de pessoas compraram de segunda mão pela primeira vez em 2020. Para quem tem algum bloqueio, lembre-se de que não há nada que um bom sabão em pó não ajude. risos.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ