Fim do ICMS para o transporte de gado entre fazendas do mesmo dono

Iiiiiha. Notícia boa para os cowboys. Nesta semana, o STF decidiu que não deve haver incidência do ICMS — Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços — no transporte de gado entre propriedades de mesmo dono, mesmo que em estados diferentes.

Explicando… Quando um gado era levado a outro estado para uma propriedade do mesmo fazendeiro, ele era taxado como se tivesse acontecido troca comercial, quando, na prática, foi só um passeio. risos.

  • Não à toa, esse já é um assunto pra lá de conhecido pelos produtores, que acabavam prejudicados em meio a diversas decisões e disputas judiciais.

Aqui está a relevância da decisão pro mundo agro 🌳

Com o martelo batido pelo STF, a situação ganha uma decisão clara, objetiva e difícil de ser alterada.

Além disso, há ainda uma tendência de maior profissionalização do campo, já que a locomoção do gado tende a melhorar sua performance, de acordo com o ciclo e a gestão da quantidade de confinamentos — talvez isso tenha sido muito específico, mas ok.

Por que importa pra você, que não é do agro? Simples. A pecuária representa quase 30% do PIB brasileiro. Atualmente, já são bem mais de 200 milhões de cabeças de gado por aqui, com expectativa de crescimento de 3,3%.

#RespeitaOsCaipira (clique para ouvir, risos). 🤠

O que mais foi destaque em economia?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta