Social networks estão se tornando paying networks

Pay-Per-View no Instagram. Adam Mosseri, CEO da plataforma, parece realmente estar levando a sério seu anúncio recente de que o seu app não é mais só uma simples plataforma de postagem de fotos.

Explicando melhor… Pense no seu Close Friends, mas imagine que você poderá criar uma espécie de Paying Friends, ou seja, conteúdos premium para um determinado grupo de seguidores pagantes. Stories exclusivos.

Na prática, muita gente já faz algo assim. Exatamente por isso, o anúncio é ainda mais legal. Ao observar o que os usuários têm feito — talvez você já pague para estar no Close Friends de um influencer — o Instagram é capaz de lançar algo realmente útil.

Por que importa? Isso traz uma nova fonte de receita imediata para o Instagram, enche o bolso dos criadores de conteúdo e, consequentemente, aumenta o engajamento das pessoas na ferramenta. Uma boa estratégia contra o TikTok em um momento oportuno…

Bottom line: Isso parece ser uma tendência das redes sociais. Com o excesso de conteúdo, pagar por algo exclusivo pode ser uma boa. É só pensar no Twitter, que lançou o Super Follow há algumas semanas e no sucesso que tem feito o Only Fans, por exemplo. Será que a moda vai pegar?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta