Depois dessa o cinema não volta como era antes

Assustador. A Disney anunciou que já faturou US$ 60 milhões — ou 315 milhões de reais — com a pré-estreia de Viúva Negra. Já, porque o filme foi lançado no final de semana e só esteve disponível em alguns cinemas e para assinantes do Disney+. Um recorde.

O que mais impressiona: O novo formato de lançamento dos grandes estúdios com o crescimento dos streamings. Durante a pandemia, depender apenas da ida aos cinemas não é uma boa estratégia e, por isso, o Mickey lançou o filme no físico e no digital.

Como assim? No Disney+, existe algo chamado Premier Access. Como o nome diz, essa é uma forma de conceder a alguns usuários a possibilidade de assistirem a filmes antes da estreia para os assinantes em geral.

Ou seja… Receita em dobro. Além da mensalidade do streaming, as pessoas se dispõem a pagar R$ 69,90 para terem acesso ao filme uma ou duas semanas antes do título ficar disponível no catálogo de todos os assinantes — acredite, as pessoas pagam.

De volta ao faturamento 🤑

Nos cinemas americanos, o filme conseguiu atingir 80 milhões de dólares nas bilheterias. Fora dos Estados Unidos, a Viúva Negra estreou em 46 países e atingiu cerca de US$ 78 milhões. Tudo isso, só no fim de semana de estreia.

Três curiosidades: (i) O filme ainda não estreou no maior mercado mundial do cinema, a China; (ii) O Netflix parece ainda não ter descoberto essa forma de fazer lançamentos e (iii) Space Jam 2 vem aí e, ao que tudo indica, também baterá recordes.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta