Bolsonaro confirma veto ao fundo eleitoral R$ 5,7 bilhões

O assunto mais falado em Brasília. aprovação do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias pelo Congresso está dando o que falar, especialmente no que diz respeito à verba destinada ao fundo eleitoral.

Antes de mais nada, o que é isso? Até 2015, empresas privadas podiam doar para campanhas políticas. Depois que as companhias foram proibidas de fazer isso, o fundo nasceu para compensar a receita que deixou de ser recebida.

A verba é destinada para os partidos e auxilia nos gastos e investimentos com campanhas eleitorais, que podem custar bem caro.

E qual o problema da vez? Parlamentares aprovaram, para o orçamento do ano que vem, o aumento do ‘Fundão Eleitoral’ para R$ 5,7 bi.

Além de estarmos vivendo uma crise sanitária, isso é mais que os R$ 2 bilhões do ano passado e mais que o triplo das eleições de 2018.

Importante: Algo simples de se entender é que, como recursos financeiros não são infinitos, para se investir em uma área, é preciso segurar em outra. Com isso, o medo é que saúde, educação e infraestrutura possam ser prejudicados, por exemplo.

Sobrou para o presidente…

Desde que saiu do hospital, Bolsonaro vem sendo questionado e criticado, já que vários deputados governistas tinham dito que eram contra o aumento do valor, mas acabaram votando a favor dele.

O que disse Jair? Por meio de seu Instagram, JB publicou uma mensagem dizendo que, em respeito ao povo brasileiro, ele vetará o aumento do Fundo Eleitoral. Para ver o post, é só clicar.

E agora? Quando o veto for efetivamente publicado e enviado ao Congresso, senadores e deputados podem até derrubá-lo, mas será necessária a maioria absoluta dos votos. Caso queira entender melhor, leia aqui.

O que mais é destaque por aqui? 🇧🇷

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta