Snapchat ataca novamente e quer te ajudar a escolher onde ir

O Snapchat não morreu. Ao contrário do que você pensa, o aplicativo ainda é bem utilizado pela garotada e, só no Brasil, tem mais de 11 milhões de usuários diários, o que é considerável.

No mundo, ainda são quase 300 milhões de users por dia — mais que um BR todo.

Certo de sua existência, inclusive, a rede social lançou oficialmente ontem sua mais nova aposta, que pode dar indícios daquilo que as redes sociais precisam se tornar: reais e locais.

What? É isso mesmo. Desde o início da pandemia, parece que as pessoas estão convivendo mais localmente e buscando mais filtros, com o excesso de conteúdo que foi despejado na internet com todos em casa.

Não somos nós que estamos dizendo… É o Snapchat. Desde que começou a lançar o teste da funcionalidade, 85% dos usuários ativos da plataforma usaram o Snap Map mensalmente.

Snapwhat? Map. Uma espécie de Google Maps conectado com toda a sua rede de amigos. A ideia é que sua rede possa ver em seu perfil todos os lugares que você já visitou e postou alguma foto no app marcando a localização. Parece simples, mas é mais que isso…

O que está por trás?

Com a nova funcionalidade, o Snap é capaz de trazer mais intimidade para seus usuários em um contexto cada vez mais cheio de informações e carente de filtros. Conceito similar ao do NextDoor, que vem crescendo muito.

O novo algoritmo do Snapchat vai enviar recomendações personalizadas de lugares para se visitar com base na localização de seus usuários, gostos de seus amigos e dados de lugares visitados e favoritos.

Zoom out: Curadoria é a palavra da vez, em tudo. Não falta conteúdo, falta capacidade de seleção. Quando você tem um “peer group”, ou seja, alguém mais próximo que um influenciador, você acaba confiando mais nas indicações, conselhos e dicas. Hora de baixar de novo ou esperar o Instagram copiar? risos.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta