70% dos norte-americanos já tomaram a primeira dose

Marco importante. Setenta por cento dos norte-americanos com mais de 18 anos de idade já receberam, pelo menos, uma injeção da vacina contra a COVID-19, de acordo com dados publicados na segunda-feira pelo CDC.

  • O fato acontece com um mês de atraso da meta do presidente Joe Biden, que queria ter completado o marco no feriado de 4 de Julho.

Qual a relevância disso? Desde o início da campanha de vacinação mundial, a meta de 70% é vista como um passo crucial para alcançar a chamada imunidade de rebanho.

Isso acontece quando o número de pessoas com anticorpos contra uma doença específica é tão alta que sua cadeia de transmissão é praticamente interrompida.

O que é ainda mais interessante? Dentre os mais de 160 milhões totalmente vacinados por lá, apenas 0,08%, ou 125 mil, testaram positivo novamente. Menos de 1.500 (0,001%) morreram depois das duas doses — ou de uma da Janssen.

Outros dados curiosos dos Estados Unidos 🇺🇸

No último final de semana, o volume de viajantes aéreos atingiu 80% dos valores pré-pandêmicos, ou seja, níveis de 2020, e a ocupação semanal dos hotéis atingiu seu nível mais alto desde 2019. Sweet summer…

Importante: Com uma maior movimentação de pessoas, a média móvel de casos norte-americana aumentou em relação ao mesmo período do ano passado. A média de mortes, no entanto, é bem menor — são 300 contra 1.100 em agosto de 2020.

Por último e por falar em vacina… Disney e Walmart se juntaram a diversas empresas americanas (Netflix, Facebook, Twitter, Uber e Delta Airlines) que já estão exigindo que seus funcionários tomem a vacina para voltarem às atividades.

O que mais é relevante pelo mundo?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta