Amazon está pagando US$ 10,00 pela palma da sua mão

Simples assim. Além de vender tudo, a maior loja do mundo quer também comprar dados biométricos de seus clientes. A Amazon está pagando dez dólares pela coleta da palma da mão de seus usuários.

A ideia é simples: Registre a palma de sua mão em alguma das lojas físicas da Amazon, conecte sua “digital palm” na sua conta e ganhe um cupom promocional para comprar qualquer produto com eles.

Um estímulo relativamente baixo, mas suficiente para que muitas pessoas “vendam” seus corpos, ou, pelo menos, informações permanentes sobre eles.

O que há por trás disso? Menos contato e mais consumo. No ano passado, a Amazon lançou seus scanners biométricos em várias lojas, já prevendo um mundo pós-pandemia.

No que vale colocar atenção…

Privacidade. Os dados biométricos são uma das únicas maneiras pelas quais empresas e governos podem rastrear uma pessoa eternamente. Você pode mudar seu nome, seu rosto, mas não a palma da sua mão.

Com crescimento de crimes cibernéticos e frequentes ataques hackers a grandes empresas, o prejuízo pode ser maior que o retorno pela concessão da sua mão.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ