Investigações sobre Cuomo e a exigência da vacina para atividades indoor

Só se fala nisso em NYC. O governador de Nova York, Andrew Cuomo, anunciou que não renunciará ao seu cargo, mesmo depois de uma investigação concluir que ele assediou sexualmente ex-funcionárias e funcionárias do estado.

De onde vem isso? No início de dezembro, 11 mulheres acusaram Cuomo de assediá-las no local de trabalho com toques não consensuais, convites indesejados e comentários ofensivos.

  • Diante das acusações da época, o governador pediu ao procurador-geral de Nova York que supervisionasse uma investigação independente sobre o assunto.

De fato, parece que o resultado não foi o esperado por ele… Anteriormente, ao ser questionado sobre o fato, o governador pediu que todos esperassem pela investigação até que tirassem suas conclusões.

A gravidade: Apesar de nenhuma sentença ter sido proferida, uma investigação feita pela procuradora-geral do estado tem muito peso.

A repercussão foi tamanha que o presidente americano disse que o governador deveria deixar seu cargo. “Penso que ele deve renunciar”, afirmou Biden a repórteres na tarde de ontem.

O que diz Cuomo? De forma resumida, ele negou todos os fatos e disse que não irá sair do cargo que ocupa. “Há perspectivas culturais e geracionais que francamente eu não tinha conhecimento”, afirmou o político. Você pode ver o discurso na íntegra, em inglês, clicando aqui.

Por falar em NY… 🗽

Só entra se vacinar. New York City, a capital do estado, se tornará a primeira cidade dos EUA a exigir um comprovante de vacinação para entrada em restaurantes, academias e demais locais de entretenimento indoorIsso ainda vai dar o que falar…

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta