Mais um passo para a privatização do Correios

Cada vez mais próximo. Ontem, a Câmara aprovou o texto-base do projeto de lei que permite a privatização dos Correios.

  • Basicamente, a matéria possibilita que a iniciativa privada assuma atividades hoje exclusivas da estatal, considerado um grande passo nesse processo.

Agora, 10 destaques do texto serão analisados e, depois, ele irá para o Senado. A expectativa do governo é que, caso os senadores aprovem a matéria nos próximos meses, o leilão dos Correios seja realizado já no início do ano que vem.

FYI: se a estatal for vendida em 100%, ela será conhecida como Correios do Brasil.

Mais detalhes interessantes…

Talvez você não saiba, mas o monopólio de cartas e impressos é assegurado pela Constituição. Por isso, o novo operador da estatal deverá oferecer esses serviços mesmo às cidades pequenas — ainda que não valha a pena financeiramente.

Logo… Quem ficar com os Correios vai ter que operar os serviços postais via contrato de concessão, por, no mínimo, cinco anos.

E as tarifas? A nova empresa poderá modificar os preços de acordo com a localização, mas tudo deverá ser pensado para garantir o acesso de todos ao serviço postal.

Outros destaques no cenário nacional:

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta