Afeganistão: Talibãs capturam Cabul e voltam ao poder

Taliban is taking it over. Desde que as tropas norte-americanas foram retiradas do Afeganistão, o grupo terrorista avançado. Nesse domingo, o Talibã capturou a capital Cabul e praticamente retomou o controle do Afeganistão.

  • Os radicais do grupo fundamentalista cercaram a cidade por todos os lados e divulgaram fotos de combatentes armados dentro do palácio presidencial.

Pânico na capital

Imagens evidenciaram o caos no aeroporto, engarrafamento nas rodovias e aglomerações em frente aos bancos de Cabul, com pessoas desesperadas para sacar dinheiro. Clique para ver.

  • O presidente afegão, Ashraf Ghani, deixou o país, justificando ter ido embora para evitar derramamento de sangue.

What’s next? O ministro do Interior garantiu que haverá uma transferência pacífica de poder para um “governo de transição”.

Do outro lado, os talibãs estão pedindo ao povo para não deixar o país por medo, garantindo não ter a intenção de se vingar. Além disso, o governo será islâmico, chamado de “Emirados Islâmicos do Afeganistão”, e aplicará a sharia — lei religiosa.

Além do terrorismo 🔎

Uma das principais receitas do grupo vem do tráfico de drogas. Pra se ter uma ideia, foram US$ 416 milhões em ópio, heroína e cada vez mais metanfetamina no ano passado.

Para ficar de olho: Expandindo seu território e incluindo regiões estratégicas para a distribuição internacional, a ascensão do Talibã deve aquecer o narcotráfico e fazer com que mais drogas circulem nas ruas do mundo como um todo.

Além disso, o que mais é destaque pelo mundo?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta