Setor de serviços se aquece, e número de empregos gerados surpreende

Deixa o povo trabalhar. O Brasil criou 316.580 novas vagas com carteira assinada no mês passado, com valor médio da remuneração em R$ 1.801,00. Os dados foram divulgados pelo Ministério do Trabalho ontem.

Se você não fazia ideia de quantas pessoas eram contratadas em um mês no país, agora você tem. Foram 1.656.182 novas contratações contra 1.339.602 demissões em julho.

O setor que mais puxou o indicador foi o de Serviços com 127 mil empregos, seguido de ComércioIndústriaConstrução e Agropecuária.

O que tudo isso significa? Muita coisa. Primeiro, mostra que as pessoas estão realmente saindo bem mais de casa, até porque o setor de serviços é o que mais demanda humanos para funcionar. É só ver restaurantes, academias e o transporte.

  • Há quem diga que isso seja uma consequência das políticas econômicas realizadas por Guedes e sua turma. Por outro lado, há quem defenda que isso aconteceria de qualquer maneira, com o avanço da vacinação.

O fato é que Brasil já acumula 1.848.304 empregos desde o início de janeiro. É o maior número nesse período desde 2010. No ano passado, para fins de comparação, o saldo foi de 142.690 empregos.

Além disso, o que mais é relevante por aqui?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

COMPARTILHE

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ