O esperado depoimento de Fux

“Ninguém fechará o STF”. Ontem, a sessão do Supremo foi aberta com a reação de seu presidente ao discurso de Bolsonaro no dia anterior.

Luiz Fux também disse que desprezar decisões judiciais configura crime de responsabilidade — em referência à fala de Bolsonaro de que não cumpriria mais as decisões de Alexandre de Moraes — a ser analisado pelo Congresso. 

Qual a relevância disso? Caso não se lembre, Dilma sofreu impeachment por crime de responsabilidade. Implicitamente, Fux citou essa possibilidade.

Outros posicionamentos em Brasília: 

  • No Senado, o presidente Rodrigo Pacheco disse que o Brasil enfrenta uma crise real em diversas frentes, e que a solução não está no autoritarismo. 

Voltando para o STF… Na próxima semana, o Supremo vai retomar o julgamento sobre a constitucionalidade de decretos do Governo Federal que alteram as regras para a posse, compra, registro e tributação sobre armas.

O que mais é destaque no Brasil? 

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta