Uber responde aos cancelamentos e reajusta tarifa para motoristas

Ao menos, é isso que a Uber espera com o reajuste que a empresa acabou de anunciar em suas tarifas para motoristas. Todas as categorias tiveram aumento nos preços que variam de região para região.

  • O aumento da categoria X, que possui o maior número de motoristas cadastrados, foi o maior registrado: de 10% a 15%.

Há alguns meses, a empresa tem enfrentado dificuldades pela falta de motoristas disponíveis, assim como pela alta no número de cancelamentos e tempo de espera.

O motivo disso? Assim como quase tudo está ficando mais caro nos últimos meses, trabalhar como motorista não é diferente. Com a pandemia, a inflação dos últimos 12 meses já passa de 10% em oito capitais do país.

De um ano pra cá, a gasolina já acumula alta de quase 40% e o etanol de mais de 60%. O custo de aluguel de veículos subiu 30,58% no mesmo período.

Por que isso é relevante? Esse foi o único reajuste que a Uber fez nos últimos 6 anos e mostra o impacto real — e não só dos gráficos — do aumento de preços no país. Como dizem, a conta sempre chega…

Deixe uma resposta