O impacto “não tão falado” da crise hídrica

Além do óbvio. Que a pior crise hídrica dos últimos 91 anos tem um impacto direto na conta da energia você já sabe. O que talvez você ainda não tenha noção é do impacto da falta de água no transporte de cargas.

Calma… Por que eu deveria saber disso? Vai afetar o bolso. Diversos produtos, especialmente os agrícolas, são transportados pelos rios que cruzam os estados brasileiros.

  • Com a falta de chuva, além da escassez de água para o plantio, falta água para navegar e o transporte de muitos commodities fica mais caro.

Exemplificando:

Pense na soja, uma das matérias primas mais importantes do mundo. Enquanto um caminhão é capaz de carregar 50 toneladas de soja, uma barcaça pode levar 6 mil toneladas.

O impacto direto disso? É só pensar nos derivados da soja, que é essencial para a cadeia de desenvolvimento de milhares de produtos do dia a dia. Desde cosméticos no seu banheiro, até a ração do frango no seu congelador.

Zoom out: A soja é apenas um dos produtos que é transportado pelas hidrovias. O prejuízo estimado no setor é de R$ 6,5 bilhões entre setembro e dezembro com a paralisação das hidrovias, o que certamente será repassado para os alimentos.

O que mais é relevante no cenário nacional? 

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Dinamarca volta ao antigo normal

Que marco. Em um momento de recorde de casos de COVID, a Dinamarca resolveu fazer o contrário do esperado, suspendendo as restrições

DICAS

Chegou a hora de curtir

Chegou a sexta-feira… Tem que respeitar o momento do descanso. Tem hora pra tudo e esperamos que você tire seu tempo