Biden triplamente vacinado e o remédio da Pfizer

Dose de reforço. Ontem, Joe Biden, o presidente norte-americano, recebeu sua dose de reforço contra a COVID-19.

  • A terceira dose foi aprovada pelo CDC, a autoridade sanitária dos EUA, e é recomendada para idosos e adultos com comorbidades. Joe, com 78 anos, se encaixa no primeiro grupo.

Por que isso é relevante? Mais que uma mera vacinação, no caso do presidente norte-americano, ela visa ser um “exemplo” para o restante da nação.

Joe Biden, no entanto, deixou claro que as doses de reforço são importantes, mas mais ainda é vacinar mais pessoas — em uma cutucada aos que não se vacinaram.

Biden tomou Pfizer e, por falar nela…

Além da vacina, a farmacêutica começou o estudo de um medicamento oral para prevenir a COVID-19Os testes serão feitos em 2.660 adultos que vivem na mesma casa que alguém infectado — com sintomas — pelo coronavírus. O intuito é evitar novos surtos com uma pílula fácil de administrar e tomar. 

O que mais é bom saber mundialmente falando?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

Deixe uma resposta