Tem sentido algo mesmo depois de ter sido curado?

COVID-19. Um estudo recente identificou que, mesmo depois de 3 a 6 meses, 37% dos pacientes que tiveram contato com a doença continuam apresentando pelo menos um sintoma de longo prazo.

Calma, vamos explicar… Mais de 270 mil pessoas em recuperação foram observadas pela Universidade de Oxford, e os especialistas têm chamado o fenômeno de “COVID Longa” ou “Síndrome pós-COVID”.

Homens e idosos, no entanto, apresentaram mais dificuldades respiratórias e problemas cognitivos, enquanto jovens e mulheres tinham mais dores de cabeça, sintomas abdominais e ansiedade.

A vacina ajuda? Essa é uma boa pergunta. Um outro estudo, publicado pelo The Lancet, mostrou que as vacinas reduzem pela metade as chances de sintomas relacionados à COVID-19 longa.

Por falar nisso… YouTube anunciou que vai aumentar — e muito — suas restrições de conteúdos contrários à vacinação, extrapolando apenas as notícias falsas sobre o tema. A medida acontece em meio à estagnação da imunização dos americanos, que está na faixa de 50% há boas semanas.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

COMPARTILHE

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

BIZNESS

O diferencial na hora da compra

Nos últimos dois anos, o comércio digital aumentou em uma escala sem precedentes. A disponibilidade dos aplicativos de varejo reformularam a forma como

BIZNESS

Já fez seu skincare hoje? 🧴

(Imagem: Glamour | Reprodução) Skincare. De tanto ouvir falar, você pode pensar que cuidados com a pele se resume a uma