Americanos entram em acordo e teto da dívida será estendido

“We have a deal”. Depois de uma semana de grande tensão para a economia americana, os principais democratas e republicanos do Senado chegaram a um acordo para permitir o aumento do limite da dívida americana temporariamente.

Explicando de forma ilustrativa: É como se o limite do cartão de crédito dos Estados Unidos acabasse de ser aumentado em US$ 480 bilhões, o que vai permitir o pagamento de contas americanas federais até o dia 3 de dezembro.

Mas do que se trata efetivamente? O limite da dívida é um teto imposto pelo Congresso sobre o valor da dívida que o governo federal dos Estados Unidos pode ter em aberto.

  • Democratas (partido de Biden) defendem a necessidade por causa do momento pandêmico e extraordinário;
  • Republicanos (oposição) temem que a medida só piore a situação que já não é das melhores — atualmente a dívida é de US $ 28,4 trilhões.

Basicamente, com o acordo de ontem, os Estados Unidos poderão pegar mais dinheiro emprestado, vendendo papéis com vencimento futuro para interessados.

E o mercado, como fechou?

  • 📊 Ibovespa | 110.585 pontos (+0,02%)
  • 🇺🇸 S&P 500 | 4.399 pontos (+0,83%)
  • 💵 Dólar | R$ 5,51 (+0,57%)

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

NEGÓCIOS

Avisa lá que a Audi voltou

Q3 de volta. Ontem, a Audi anunciou um investimento de R$ 100 milhões para retomar a produção de seus veículos no Brasil, depois