Luxemburgo é o primeiro europeu a permitir plantio 

Cannabis. O pequeno país de Luxemburgo, que possui uma população similar a de Florianópolis — 600 mil, para fins comparativos — acaba de aprovar uma lei que vai transformar a forma como as pessoas lidam com a maconha.

O que está acontecendo? A partir de agora, maiores de 18 anos em Luxemburgo terão permissão para cultivar até quatro plantinhas de cannabis em suas casas ou jardins. Isso torna o país o primeiro da Europa a legalizar a produção e o consumo da droga.

  • De acordo com a legislação, o plantio só poderá ser feito para consumo pessoal ou familiar e dentro de casa. Ou seja, pessoas físicas continuam não podendo vender e não se pode fumar em público.

O comércio será permitido apenas por empresas — lojas físicas ou online — que sejam devidamente regulamentadas pelas autoridades, mas o curioso é que não há qualquer limite na quantidade ou nos níveis de THC — o principal constituinte da erva.

A estratégia do governo 🍁

O ministro da Justiça disse que a ideia de permitir o cultivo em casa é diminuir o contato — e o financiamento — da população com qualquer parte da cadeia ilegal da droga, que é a mais usada no país.

Zoom out: Luxemburgo se junta ao Uruguai, que se tornou o primeiro país do mundo a criar um mercado nacional legal de maconha em 2013, com o Canadá, que fez o mesmo em 2018, e com alguns estados norte-americanos.

Além disso, o que mais é relevante ao redor do mundo?

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

DICAS

Eu ouvi sextou?

Já deu pra sentir aquele gostinho do final de semana chegando? Se ainda não bateu a animação, siga as nossas dicas