O futuro dos transplantes começou?

Desde sempre, cientistas tentavam alcançar o xenotransplante — transplante entre diferentes espécies. Na última semana, isso se concretizou: foi concluído, com sucesso, o primeiro transplante de rim de porco para um ser humano.

Por que é relevante? Em meio à falta de órgãos humanos disponíveis, esse pode ser o início de uma reviravolta na saúde. Para se ter uma ideia, há 90.000 pessoas à espera de um novo rim nos EUA — no Brasil, são mais de 26 mil.

Trazendo o feito para cá… 

Já existe uma pesquisa com linha semelhante a essa no Brasil, associada à USP, e o sucesso nos EUA facilita que os experimentos sejam aprovados por aqui“Olha, já está sendo feito nos EUA”.

Olhando para o futuro: É possível que esses transplantes sejam temporários, até que um órgão humano compatível esteja disponível. Os cientistas também sonham em fazer o mesmo com o coração, a pele e a córnea, por exemplo.

Pontos de atenção… O transplante ainda não foi oficialmente revisado e não teve seus efeitos a longo prazo analisados. De qualquer forma, o resultado é animador.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Nem vem com essa, COVID

Cientistas da África do Sul identificaram uma nova variante do COVID-19, com um número “muito incomum” de mutações, e temem