Problema para os outros, oportunidade para a Apple

Apple-power. De abril pra cá, se você usa produtos da Apple, deve ter reparado que precisa escolher entre ter suas atividades rastreadas pelos apps ou não.

Se foi em abril, por que falar disso agora? Meses depois da implementação, as consequências para o bolso de algumas companhias começaram a ser vistas.

Vamos de exemplo:

Explicando… Se os usuários não liberarem o rastreamento, o Snapchat não poderá direcionar os anúncios mais relevantes a eles, nem sequer fazer uma análise de resultados precisa — um pesadelo para empresas que vendem anúncios em aplicativos.

Por outro lado…

Enquanto o Snapchat chora, a Apple toma suas lágrimas de canudinho. O market share da Apple em publicidade triplicou desde que o recurso foi lançado, já que seu programa de busca de anúncios não foi impactado pela medida.

A expectativa é que esse segmento de receita passe de US$ 5 bilhões neste ano para US$ 20 bilhões dentro de três anos.

Nesta semana, a Alphabet, o Facebook e o Twitter vão relatar seus ganhos. Veremos se eles também sofreram e o que vem por aí. Será que o circo vai pegar fogo entre as BIG TECHs?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos um jornal gratuito e diário, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito, mas pode viciar.

Para se inscrever, clique aqui.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

ECONOMIA

E vamos de leilão…

Muitos bilhões em jogo. Nessa quinta-feira, a Aneel vai leiloar 13 lotes de linhas de transmissão de energia, que podem arrecadar