Santa Catarina torna-se o primeiro estado do país a unificar documentos

Já se perguntou por que usamos CPF + RG e não só um desses documentos? Pelo sim ou pelo não, o estado de Santa Catarina parece ter respondido essa pergunta e, ontem, se tornou o primeiro no Brasil a adotar o CPF como número único de identificação.

O que isso significa? A partir de agora, só haverá um documento próprio para identificação de um indivíduo e as carteiras de identidade não terão mais um número de RG.

A ideia não é tão nova… Um decreto de 2019 já previa o CPF como instrumento suficiente e substitutivo da apresentação de outros documentos do cidadão, seja no exercício de obrigações e direitos ou na obtenção de benefícios a nível nacional.

É uma tendência nacional?

Aparentemente sim, até porque simplifica processos. Com a unificação de dados, o acesso a prontuários no SUS, aos sistemas de assistência e previdência social, e até mesmo a informações fiscais, torna-se bem mais fácil.

Uma observação: Com apenas um dado (CPF) como a matriz de todos os outros, a vulnerabilidade também aumenta, ainda mais em tempos de “sequestro digital” e vazamentos.

O cadastro nas baladas de Floripa vai ficar mais rápido, mas não se esqueça que a segurança de dados será cada vez mais importante. risos.

Além disso, o que mais importa por aqui? 🇧🇷

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

DICAS

Eu ouvi sextou?

Já deu pra sentir aquele gostinho do final de semana chegando? Se ainda não bateu a animação, siga as nossas dicas