Depois da pandemia, essa é a maior preocupação do G20 

Reunião da cúpula. Líderes das 20 maiores economias do planeta se reuniram em Roma durante o final de semana para falar sobre os principais desafios atuais e como as nações mais ricas podem contribuir para o desenvolvimento mundial.

  • A expectativa era grande em relação ao imposto mínimo global, mas, apesar de um sinal verde aparente, nada concreto ficou definido. O assunto que realmente dominou os microfones foi o clima.

O que aconteceu de mais importante? Os países firmaram um compromisso para tentar conter as mudanças climáticas e limitar o aquecimento global a 1,5ºC — número indicado como o “ideal” para nossa perpetuação como espécie.

  • G20 representa o equivalente a 60% da população mundial e é responsável por cerca de 80% das emissões globais de gases de efeito estufa.

O destaque ficou para a promessa dos governos de pararem o financiamento de usinas de carvão já a partir deste ano. Além disso, espera-se que os governos do grupo acabem com todos os estímulos aos combustíveis fósseis a partir de 2025.

Ainda sobre o clima…

Durante os próximos dias, outro evento importante estará em pauta. Trata-se do COP26, que levou +20 mil funcionários de 120 países diferentes até Glasgow, na Escócia, para cúpula anual do clima promovida pela ONU.

Resumindo: Como uma solução climática não pode ser resolvida por apenas uma nação, eventos assim são necessários para firmação de acordos globais e negociações entre países sobre o futuro do planeta. É sobre o clima e ta tudo bem. risos.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Nem vem com essa, COVID

Cientistas da África do Sul identificaram uma nova variante do COVID-19, com um número “muito incomum” de mutações, e temem