A vida dos não vacinados está ficando mais difícil

Escolha? A Alemanha vem enfrentando uma clara e forte quarta onda da COVID-19, com dias consecutivos de recorde de casos. Para conter o novo surto, na mesma linha da Áustria, o país decidiu limitar a vida pública dos não vacinados.

Limitar como? Em locais onde as taxas de hospitalização estão mais altas, só os vacinados, ou aqueles que já se recuperaram da doença, poderão ir a eventos públicos, culturais e esportivos, a restaurantes e por aí vai…

Tudo isso parece um grande déjà-vu de medidas — principalmente depois da ampla vacinação, quando achamos que ficaríamos livres pra sempre — mas, dessa vez, em alguns locais, parece que os excluídos da vida normal serão apenas os não vacinados.

Outros exemplos na Europa: Tanto a República Tcheca quanto a Eslováquia anunciaram, também ontem, restrições mais rígidas para pessoas não vacinadas, além da Áustria, que chegou a impor um lockdown apenas para esse grupo.

Enquanto isso, nas Américas…

Enquanto a Europa volta a ser o epicentro da doença, as mortes por COVID-19 diminuíram 17% nas Américas na semana passada.

O alerta, no entanto, é para países como EUA, Brasil e Colômbia, que, depois de semanas de tendência de queda, estão vendo a situação passar para estabilidade.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Dinamarca volta ao antigo normal

Que marco. Em um momento de recorde de casos de COVID, a Dinamarca resolveu fazer o contrário do esperado, suspendendo as restrições

DICAS

Chegou a hora de curtir

Chegou a sexta-feira… Tem que respeitar o momento do descanso. Tem hora pra tudo e esperamos que você tire seu tempo