Terreno virtual é vendido por R$ 13 milhões

Um lote digital. O metaverso é como aquele seu conhecido que vai se aproximando aos poucos, com mensagens de texto, algumas ligações e, de repente, está dentro da sua casa. Ontem, inclusive, ele deu um passo importante na relação.

O que foi que aconteceu? Um terreno virtual, ou seja, que só existe nesse mundo paralelo chamado metaverso, foi vendido essa semana por 13 milhões de reais. Foi a maior transação imobiliária virtual da história. risos.

  • Vale repetir… É um terreno que só existe na internet e você só pode acessar se tiver seu avatar (personagem) no metaverso.

Calma, é sério isso? Coloca sério nisso. O terreno foi criado na Decentraland, um mundo online colaborativo onde as pessoas podem visitar locais usando avatares e até fazer negócios utilizando como meio de troca uma criptomoeda.

Imagine como um jogo, mas um jogo em que muitos negócios já estão apostando que será o passatempo de muita gente no futuro — quase que como as redes sociais de hoje.

Acha que é muita viagem? 🤯

Bem… Pra você talvez seja, mas para uma criança que nasceu acostumada a jogar games em que seu bonequinho tem armas e roupas que custam mais que muitos carros, isso parece divertido. É o Facebook do seu futuro filho ou neto…

Só pra te intrigar mais ainda… A Nike não comprou um terreno, mas lançou seu próprio mundo virtual na plataforma de videogames online Roblox, cuja base de usuários é formada em sua maioria por crianças e adolescentes. Assista.

O espaço digital, chamado Nikeland, permite que os jogadores equipem seus avatares com produtos da Nike em sua versão digital (NFTs) e pratiquem esportes por lá, como basquete e atletismo. Welcome to the future… Laughs.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Nem vem com essa, COVID

Cientistas da África do Sul identificaram uma nova variante do COVID-19, com um número “muito incomum” de mutações, e temem