Um comparativo pra lá de interessante na Europa

Quarta onda de COVID? O mundo tem visto o velho continente lutar contra uma alta nos casos — e parte da população protestar contra as novas restrições.

Frente a isso, recentemente, a Comissão Europeia trouxe um gráfico interessante:

Ao meio, há as siglas dos países. À esquerda, o percentual da população completamente vacinada e, à direita, o número de mortes.

Com algumas exceções, o gráfico conclui algo que já era esperado — pessoas totalmente vacinadas têm menos probabilidade de morrer de COVID do que as não vacinadas.

Por esse motivo, a presidente da Comissão Europeia disse que a quarta onda trata-se de “uma pandemia de não vacinados”pedindo às pessoas para se vacinarem ou tomarem as doses de reforço caso já sejam recomendadas.

Alerta: Para além dos não vacinados, continuação da propagação do vírus facilita o surgimento de novas variantes, para as quais os imunizantes podem não ser tão eficazes.

  • Nesse sentido, a tendência é que vejamos decisões cada vez mais voltadas aos não vacinados, na tentativa de incentivar a imunização de todos. 

Desde ontem, por exemplo, os funcionários alemães devem apresentar um teste negativo e sua carteira de vacinação para irem ao trabalho. A partir de sábado, Berlim vai proibir os não vacinados a irem a hotéis, restaurantes, bares e lojas.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Nem vem com essa, COVID

Cientistas da África do Sul identificaram uma nova variante do COVID-19, com um número “muito incomum” de mutações, e temem