O CEO de duas empresas, Jack Dorsey, diz tchau para uma delas

Goodbye Twitter. Jack Dorsey, fundador e CEO do Twitter, uma das maiores redes sociais do planeta, acordou se despedindo de sua empresa na segunda-feira de manhã. Mais interessante que a saída, é a forma como fez.

Dorsey simplesmente enviou um e-mail aberto aos seus funcionários anunciando os motivos de sua decisão e, logo em seguida, tweetou a sua carta de demissão, sob argumento de que deseja que o Twitter seja a empresa mais transparente do mundo.

Quem assume? Parag Agrawal, que ingressou no Twitter como engenheiro em 2011 e atua como CTO — chefe de tecnologia — desde 2017.

É um caminho natural… O processo de fundadores deixarem o comando de suas empresas é mais comum do que se pensa. Sundar Pichai não fundou o Google e Bill Gates não é CEO da Microsoft desde 2000. O próximo talvez seja Zuck… risos.

Curiosidades 🧠

1) Se você acha difícil tocar o seu negócio, lembre-se que Dorsey era CEO não só do Twitter, avaliado em US$ 40 bilhões, mas também da Square, avaliada em cerca de US$ 100 bi bidens. Com a decisão, as ações de ambas companhias caíram.

2) Ao sair do Twitter, Dorsey pode estar de olho em um próximo movimento interessante: criptomoedas. Ele é tão fanático que a descrição de seu perfil no Twitter diz “bitcoin” e, se essa paixão se torna um negócio, o mercado pode se transformar.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ