Réveillon 2022: vai ou não vai ter?

Eis a questão. Pelo segundo ano consecutivo, cidades brasileiras têm anunciado o cancelamento de festas, eventos ou shows da virada do ano.

O motivo? Convenhamos… Você já sabe. 1) A pandemia em si, que ainda afeta o país, ainda que com menos força e 2) o medo do que a variante Ômicron pode causar.

  • Dentre as capitais, 7 já comunicaram o cancelamento das festas — Belo Horizonte, São Luís, Salvador, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa e Palmas.

Não vai ter evento? Na maioria dos locais, trata-se de um “desaconselhamento”. Mas, em relação às festas patrocinadas pela prefeitura, é um cancelamento de fato — como o famoso Festival Virada, na capital baiana.

Em uma atitude mais comedida, cidades como São Paulo e Rio de Janeiro ainda estão estudando a situação, colocando o quadro epidemiológico da pandemia como condição para a realização“se cumprir os parâmetros, por que não?”

Aproveitando… Com os anúncios recentes, já estão em discussão também a realização do carnaval. Pode ser que fiquemos mais um ano sem pular nos bloquinhos.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

CHAMPS

A primeira parte já foi

As competições sul-americanas tiveram os primeiros jogos do mata-mata nesse meio de semana. Com jogos cheios de situações interessantes, foi estabelecida uma marca incrível e

CHAMPS

A maior competição do ano

A rainha das provas do ciclismo começa hoje, em Copenhagen. O Tour de France é a maior competição do calendário do mundial, aliando glamour,

CHAMPS

Alívio no meio do furacão

A crise financeira ficou tão fora de controle, que o Barcelona teve que ver o maior jogador da sua história ir embora.

CHAMPS

Onde tudo começou

Nesse final de semana, acontecerá a nona etapa da Fórmula 1 em 2022, com o GP da Inglaterra. O circuito escolhido

MUNDO

Sinal de alerta nos Estados Unidos

Os economistas estão atentos. Foram divulgados, ontem, os gastos dos consumidores dos EUA em maio, trazendo más notícias — o PIB da maior economia