A Ômicron começou a tomar conta do Brasil

Territorialista. Desde que a Ômicron despontou na África, sabíamos que era uma questão de tempo até ela se espalhar pelo mundo e chegar ao Brasil. Pouco depois, ela aterrisou por aqui, mas os casos confirmados foram andando devagar.

  • Isso porque não são todos os exames que fazem o sequenciamento genético do vírus — e alguns falham na detecção de algumas mutações —, tornando mais difícil saber a dominância da variante por aqui.

Um levantamento recente, no entanto, é capaz de nos dar um panorama. Segundo o Instituto Todos pela Saúde, a incidência da Ômicron em oito estados brasileiros é de 31,7%.

O número já é alto, mas pode ser ainda maior: Um monitoramento do Albert Einstein mostrou que 62% das amostras sequenciadas pelo hospital nos últimos 30 dias foram da variante ômicron.

Por que é relevante? Com a chegada da Ômicron, a OMS alertou sobre uma tsunami de casos. Apesar de parecer mais leve, são poucas as informações disponíveis até então — colocando um alerta logo a normalidade estava virando a esquina.

Aproveitando… Segunda a FDA, a Anvisa americana, os testes rápidos têm mais probabilidade de dar falso negativo com a variante Ômicron. Para ficar alerta.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Dinamarca volta ao antigo normal

Que marco. Em um momento de recorde de casos de COVID, a Dinamarca resolveu fazer o contrário do esperado, suspendendo as restrições

DICAS

Chegou a hora de curtir

Chegou a sexta-feira… Tem que respeitar o momento do descanso. Tem hora pra tudo e esperamos que você tire seu tempo