Da-lhe ofertas…

Ano movimentado. Em 2021, a Bolsa brasileira teve 45 IPOs e 26 follow-ons, movimenando R$ 126,9 bilhões no total. Antes, vamos aos conceitos:

  • IPO: É quando uma empresa, que tinha capital fechado, começa a negociar suas ações na Bolsa
  • Follow-on: É o processo quando uma empresa já listada na Bolsa decide ofertar mais ações, em uma oferta secundária.

O primeiro modelo levantou R$ 65,2 bilhões e, o segundo, R$ 61,6 bilhões. Combinado, o montante ficou atrás apenas de 2010 — quase um recorde.

Os setores que mais se destacaram foram o de tecnologia, com 11 IPOs e quatro follow-ons, e o de saúde com cinco ofertas primárias e três ofertas secundárias.

Foram muitas ofertas, mas a maioria não deu tão certo (por enquanto). Em um ano em que o Ibovespa acumulou queda de mais de 14%, apenas 22,7% das empresas que abriram capital em 2021 ficaram no positivoo resto desavlorizou.

Para 2022, é claro que esperamos bons números, mas o cenário de eleições deixa tudo mais conturbado. De qualquer fora, que vanham muitos dias de tourinho pela frente.

COMPARTILHE

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

BIZNESS

O diferencial na hora da compra

Nos últimos dois anos, o comércio digital aumentou em uma escala sem precedentes. A disponibilidade dos aplicativos de varejo reformularam a forma como

BIZNESS

Já fez seu skincare hoje? 🧴

(Imagem: Glamour | Reprodução) Skincare. De tanto ouvir falar, você pode pensar que cuidados com a pele se resume a uma