Sem tatuagens coloridas na União Europeia

Só preta agora. Desde ontem, o uso de tintas coloridas em tatuagens passou a ser proibido na União Europeia por causa de riscos à saude.

A decisão veio depois de pelo menos 4 mil produtos químicos proibidos no bloco — avaliados como cancerígenos ou responsáveis por mutações genéticas — terem sido encontrados em produtos utilizados em tatuagens coloridas.

  • A ideia não é proibir a tatuagem colorida, mas promover o desenvolvimento de opções mais seguras.

Quando os fabricantes encontrarem alternativas mais adequadas, e que proporcionem o mesmo efeito duradouro, a medida poderá ser revertida e os nossos leitores europeus poderão tatuar the news amarelo no antebraço.

Os tatuadores já estão ansiosos por isso, assim como os clientes que não gostam da mesmice dos traços pretos. Inclusive, uma petição para salvar dois pigmentos já tem mais de 175 mil assinaturas.

Zoom Out: Ampliando a análise, até que a situação se estabeleça, fornecedores de fora da UE podem sair ganhando, assim como os artistas de quintal que tatuam de forma ilegal e poderão realizar o sonho de quem quer aquela borboleta azul no quadril ou as vermelhinhas da Kylie Jenner e Bruna Marquezine. risos.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

CHAMPS

A primeira parte já foi

As competições sul-americanas tiveram os primeiros jogos do mata-mata nesse meio de semana. Com jogos cheios de situações interessantes, foi estabelecida uma marca incrível e

CHAMPS

A maior competição do ano

A rainha das provas do ciclismo começa hoje, em Copenhagen. O Tour de France é a maior competição do calendário do mundial, aliando glamour,

CHAMPS

Alívio no meio do furacão

A crise financeira ficou tão fora de controle, que o Barcelona teve que ver o maior jogador da sua história ir embora.

CHAMPS

Onde tudo começou

Nesse final de semana, acontecerá a nona etapa da Fórmula 1 em 2022, com o GP da Inglaterra. O circuito escolhido

MUNDO

Sinal de alerta nos Estados Unidos

Os economistas estão atentos. Foram divulgados, ontem, os gastos dos consumidores dos EUA em maio, trazendo más notícias — o PIB da maior economia