Máscara não é tudo a mesma coisa

Não mesmo. Pesquisadores alemães mostraram que o uso da máscara correta (e da maneira correta) é uma das armas mais potentes no combate à COVID-19.

O gráfico acima compara o risco de infecção após 20 minutos de conversa, entre uma pessoa infectada e outra saudável, em três situações diferentes. São elas:

  1. Máscaras cirúrgicas: 10,4%;
  2. Máscaras de filtragem de partículas, como a N95/PFF2, mal ajustadas: 4,2%;
  3. Máscaras de filtragem de partículas bem ajustadas: 0,14%.

Conclusão: As máscaras de filtragem de partículas bem ajustadas são até 75x mais eficazes contra a COVID do que as cirúrgicas. As de pano nem incluídas foram…

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

NEGÓCIOS

Avisa lá que a Audi voltou

Q3 de volta. Ontem, a Audi anunciou um investimento de R$ 100 milhões para retomar a produção de seus veículos no Brasil, depois

ECONOMIA

Os 100.000 pontos duraram pouco

Pouco, bem pouco. Os investidores se mostraram exigentes ontem — não adianta a economia global subir, tem que subir “de acordo”. 

CHAMPS

Etapa dos líderes

Em qualquer campeonato que percorra vários países do mundo, não há nada como competir em casa. Estar habituado ao local, sentir o clima e,